Notícias

Fronteira brasileira com a Venezuela fica fechada por 17 horas

No final da tarde de segunda-feira (6) o Brasil fechou a fronteira com a Venezuela no estado de Roraima, para impedir que refugiados venezuelanos entrem no território brasileiro com base em uma decisão judicial. Após 17 horas, a fronteira foi reaberta com a decisão do TRF-1. Cerca de 100 venezuelanos puderam entrar no brasil somente às 10h desta terça-feira. 

A determinação que fechou a fronteira, veio do juiz federal Helder Girão Barreto, em resposta a ação movida pelo MPF e DPU contra decreto que restringe serviços a venezuelanos. A decisão não inclui imigrantes de outras nacionalidades, restringindo apenas os venezuelanos de entrar no país. O Magistrado também proibiu governo de exigir passaporte, deportar ou expulsar imigrantes.

Somente às 10h desta segunda-feira que a fronteira foi reaberta. A Advocacia-Geral da União entrou com um pedido ao TRF-1 e o vice-presidente da instituição, Kassio Marques suspendeu a liminar concedida pelo juiz de Roraima. 

Estima-se que cerca de 500 venezuelanos passem pela fronteira brasileira todos os dias. Até o primeiro semestre de 2018, mais de 16mil venezuelanos vieram para o Brasil. Os refugiados migram para o território brasileiro fugindo da crise econômica e social que se encontra a Venezuela.

A crise se iniciou em 2013 após a entrada do atual presidente Nicolás Maduro. Algumas consequências da crise foram o aumento do desemprego e da inflação da moeda venezuelana.  Houve também o crescimento de diversos movimentos sociais reivindicando direitos básicos, esses movimentos foram altamente reprimidos por Maduro.